Arquivo | O Caçador de Pipas RSS feed for this section

O Caçador de Pipas

20 set

O chão começa a parecer que faz parte do meu corpo, e a minha respiração vai ficando mais pesada, mais lenta. Quero dormir, fechas os olhos e deitar a cabeça nesse piso frio e empoeirado. Pegar no sono. Talvez, quando acordar, descubra que tudo aquilo que vi no banheiro do hotel fazia parte de um sonho: as gotas pingando da torneira e caindo com um “plinc” naquela água ensangüentada; o braço esquerdo pendurado na borda da banheira; a gilete em cima da caixa de descarga da privada, e os olhos dele ainda entreabertos, mas sem vida. Isso mais que tudo. Queria esquecer aqueles olhos.
O dr. Nawaz me explica que o menino teve ferimentos profundos e perdeu uma grande quantidade de sangue, e a minha boca começa a murmurar aquela oração de novo:
“La illaha il Allah, Mihammad u rasul ullah.”
Tiveram que fazer várias transfusões de glóbulos vermelhos…
“Como é que vou contar a Soraya?”
Foi preciso reanimá-lo duas vezes…
“Vou fazer namaz, vou fazer zakat.”
Eles o teriam perdido se o seu coração não fosse jovem e forte…
“Vou jejuar.”
Ele está vivo.

O Caçador de Pipas

O Afeganistão é uma sociedade dividida em castas. Amir era um garoto pashtun, a classe dominante. Seu único amigo era Hassan, um garoto hazara, a classe dominada. Amir foi criado sem mãe e tinha uma relação um pouco fria e formal com seu pai, apesar do grande amor que tinham entre si. Seu pai também tinha um grande carinho por Hassan.
Hassan tinha uma fidelidade extrema a seu amigo. Enfrentou Assef, um garoto afegão que nutria um ódio cego pelos hazaras, para protegê-lo. No entanto, quando tem a chance de fazer algo para compensar a lealdade de seu amigo, Amir o trai.
É aí que a coisa fica interessante. O tema principal do livro não é a amizade ou a traição. Na verdade, ele trata de um dos sentimentos mais humilhantes (e, às vezes, revoltantes) para o homem: a covardia. E esse é realmente um tema ótimo. Como o medo paralisa as pessoas e pode fazer-nos dizer ou praticar coisas que jamais faríamos em situações normais. A partir desse acontecimento, o personagem principal (Amir) começa a “afundar” em sua covardia e os acontecimentos o trazem aos “livres” Estados Unidos.
——————————————————————————————–——————–
Nome do Livro no Brasil: O Caçador de Pipas”
Nome Original: The Kite Runner
Escrito por: Khaled Hosseini
Publicado no Brasil em: 2003
Editora: Nova Fronteira
Nº de Páginas: 365
Capa original: