Arquivo | Noite Eterna – Sangue sobre Cedro RSS feed for this section

Noite Eterna – Sangue sobre Cedro

16 ago

“Abre teus olhos agora, criança. Lê com atenção o que te mostro a cada avançar da pena. Este é o marco memorável do que deixei de ser, de tudo o que deveria ter-me tornado e não consegui. O conhecimento gera responsabilidades e acarreta inúmeros males, dentre eles, o de carregar o fardo da eternidade. Aprender o que eu deveria ser não foi o mais difícil, em absoluto. Terrível foi-me, e ainda me é, saber que não pude deixar a humanidade para trás e que, por causa disso, nunca cheguei de fato a ser o que deveria. E a verdade sempre esteve lá, implícita pelas discussões, oculta pelo brilho maravilhoso das esmeraldas. Mas havia um feudo, inteiro, a construir! Havia um império a erguer, de forma que não restava-me muito tempo para pensar… ou de fato não desejava pensar em nada que não fosse na eternidade que surgia-nos à frente, na grandiosidade de sonhos outros e na esperança de que ele, um dia, seria meu.”

Noite Eterna – Sangue sobre Cedro

Com uma estrutura dividida em dois planos narrativos, Hariel D. Noone transporta o leitor para a Antiga Céltica de 2000 a.C, com sua paisagem mística e nebulosa, recortada pelos cedros imponentes, até o auge da Expansão Romana.

Um novo Império ergueu-se sobre sangue e cedro, como deveria ser. Inúmeros “Predadores”, iguais em essência, porém com “Dons” distintos, aliaram-se pela promessa de pertencer a um todo outra vez.

Em meio a traições e batalhas por influência, o leitor se depara com os bastidores da História da Humanidade, recontada por uma outra ótica, narrada por aqueles que, de fato, estiveram no controle da situação, desde o início dos tempos.

Impérios se erguem e caem… E, para aqueles que existem sem tempo ou fim, a eternidade pode ser o pior fardo, a cruz mais pesada a ser carregada.

Como não ceder à loucura de ver seu momento passar, tudo em que acredita fenecer, todos aqueles a quem se ama padecerem, imortais ou não?
Estar só e ter a eternidade para lamentar suas perdas e sentir a ausência daqueles a quem se amou.

Você acreditaria mesmo que conseguiria suportar?

——————————————————————————————–——————–
Nome: Noite Eterna – Sangue sobre cedro
Escrito por:  Hariel D. Noone
Publicado em:  2005
Editora:  Alta Life
Nº de Páginas: 254